Alegria
  • Não se impressione com seus sonhos! Isto poderia levá-lo a extravagâncias ridículas. Viva acordado no bem, e os sonhos serão belos e bons. Se alguma característica de verdade lhe for revelada num sonho, aceite-a com simplicidade. Mas não se deixe levar a interpretações supersticiosas. Procure sempre o lado bom das coisas.

  • Não se aborreça com seu amigo, só porque ele está mal humorado. Saiba desculpar. Quantas vezes também você está irritado, e responde mal a seus amigos... e no entanto gosta que eles o desculpem. Você não sabe o que lhe aconteceu, desconhece seus problemas íntimos... desculpe, então! Não leve a mal, releve, e continue a querer-lhe bem. É a melhor maneira de mostrar sua amizade e compreensão.

  • A riqueza não depende do dinheiro que você haja acumulado. Quem tem riquezas e não sabe ajudar o próximo é pobre. Quem guarda com avareza os dons que recebeu de Deus é pobre. Quem não sabe dar de si mesmo uma palavra de conforto, um sorriso de encorajamento, é pobre. Mas aquele que, mesmo pouco ou nada tendo, sabe doar-se em ajuda ao próximo, esse é rico, imensamente rico!

  • Saiba viver os belos momentos de sua vida. Aproveite os minutos de alegria, sem pressa de novamente mergulhar nos trabalhos agitados. Goze amplamente seu repouso espiritual. Olhe a paisagem, contemple as estrelas, aprecie os caprichos da natureza, colha em todos os canteiros as flores da alegria! Saiba viver integralmente os belos momentos de sua vida!

  • Esteja certo de que a felicidade de sua vida não pode vir de fora. Você só poderá encontrar a felicidade quando souber fazê-la nascer dentro de seu coração, quando aprender a ajudar a todos indistintamente, com suas ações, suas palavras e seus pensamentos.

  • Pense positivamente, desculpando a todos, e sentirá a maior felicidade de sua vida na alegria de viver bem.

  • Não ponha limites à sua vida! Procure ouvir as notas harmoniosas e sublimes do canto maravilhoso que se evola da natureza. Viva sorridente e alegre, para espantar as preocupações, para aliviar as lutas. Mergulhe sua alma na alma da natureza: absorva a luz do sol, goze a suavidade da lua, contemple o esplendor das estrelas, aspire o perfume das flores. A vida é bela, apesar das dores e dos contratempos.

  • Você, que se acha enfermo, preso a um leito de dor, não desanime! A doença não é um mal, pois é através da enfermidade que nos libertamos das vibrações grosseiras dos maus pensamentos, das más palavras e das más ações. Suporte com paciência sua enfermidade, porque por meio dela se está purificando o organismo psíquico, sua alma, que só pode expulsar as impurezas por meio das doenças físicas.

  • Não procure evidência pessoal. Reflita que, quanto mais exposto à visão alheia, mais se tornará alvo de ciúme e inveja. As vibrações negativas, mesmo que não lhe façam mal, positivamente, poderão cansá-lo, no trabalho de defender-se. Procure agir discretamente, embora com firmeza, deixando que os vaidosos e vazios se exponham numa evidência de que você, certamente, não necessita para brilhar. O vidro comum brilha muito ao sol, mas o brilho do ouro está escondido no cofre: nem por isso valerá menos que o vidro...

  • Mantenha-se calmo e sereno. Confie na Força Cósmica que enche todo o universo, inclusive sua própria pessoa. Focalize sua confiança em Deus que habita dentro de você e dentro de todas as criaturas. Liberte-se do medo, caminhe com segurança e procure ouvir as palavras de orientação, ditadas, no mais profundo de seu coração, por Deus que habita dentro de você.

  • Faça da leitura um hábito diário. Acostume-se a ter sempre um bom livro à mão, e verificará que é seu melhor amigo, que conversará com você somente quando você o desejar. Escolha livros instrutivos, interessantes, sadios. Tanto quanto o corpo, o espírito também necessita de alimentar-se. Faça da leitura um hábito tão indispensável quanto a respiração.

  • "Não se escravize às opiniões da leviandade ou da ignorância." Não importa o que os outros pensam ou dizem de nós. O que verdadeiramente importa é aquilo que realmente somos. Tenha sua consciência tranqüila, mesmo que seja condenado. Não se esqueça que Jesus foi condenado, e Herodes foi o vencedor momentâneo. Mas responda: qual dos dois foi verdadeiramente o vencedor?

  • Trate com afabilidade a todos. O vizinho que senta a seu lado na condução não é seu inimigo, nem seu concorrente. Trata-se, sempre, de seu irmão, a quem você precisa acolher com simpatia. Não procure brigar com ele, para conquistar maior conforto: dê você mais conforto a ele. Mesmo insensivelmente, você receberá de volta as vibrações de gratidão de seu coração.

  • Procure não ler coisas desagradáveis e tristes, escândalos e desastres. Leia e pense somente o que é bom e puro, belo e verdadeiro. Afirme a si mesmo que estes são os únicos estados dignos de Deus e do homem. Não converse sobre suas doenças, dificuldades ou pobreza. Quanto mais falar nisso, mais as agravará. Converse apenas sobre fartura e saúde, e viva com otimismo e alegria.

  • Cuide bem do seu corpo, dando-lhe alimentação sadia e frugal. Não abuse de carnes nem de bebidas alcoólicas. Mas não esqueça também que a alma precisa de alimentação! Procure ler bons livros. Faça da leitura um hábito diário. Não é só de pão que vive o homem: é também da Sabedoria. E esta você a encontrará nos bons livros, companheiros deliciosos e cheios de ensinamentos úteis.

  • Faça tudo com amor! Tudo o que é feito sem amor sai mal feito, e tende à destruição. Só o amor constrói obras eternas e penetra profundamente o coração da humanidade, porque só o amor é positivo. Tudo o que não é amor é negativo. Faça tudo com amor, porque o próprio Deus é amor. Quando as criaturas fizerem tudo com amor, saberão o que é a saúde e a felicidade.

  • Cada um recebe de acordo com o que dá. Se você der ódios e indiferenças, há de recebê-los de volta. Mas se der atenção e carinho, há de ver-se cercado de afeto e Amor. Ninguém se aproxima do espinheiro, por causa dos espinhos, nem do lodo, porque suja. Mas todos apreciam permanecer perto das flores, que espalham beleza e perfume. Cada um recebe de acordo com o que dá.

  • Não sinta medo, para não atrair críticas. Se tem certa maneira de comportar-se que sabe que está certa, mas os outros julgam errada, não tenha medo. Se tiver, atrairá uma onda de críticas e maledicências. Se não tiver medo, ninguém terá coragem de falar de você. O medo irradia forças negativas, que atraem críticas. Se você não teme, paralisa a crítica nos outros, que se sentem tolhidos e dominados por sua força mental positiva.

  • Porque está guardando tantas coisas inúteis? Para que tantas coisas em seus armários, quando seus irmãos estão com os deles vazios? Distribua tudo aquilo que lhe não está servindo, para que sua alma não fique pesada demais, quando se afastar da terra. "O coração do homem está onde está seu tesouro". Se você juntar muitas coisas inúteis, a elas poderá permanecer preso, sem conseguir alçar vôo para as regiões bem-aventuradas.

  • Não procure colecionar tesouros apenas nesta terra, porque os ladrões podem roubá-lo e seu tesouro pode envelhecer. Além disso, não se esqueça de que, quando partir da terra, aqui deixará tudo, até seu próprio corpo. Então, porque ser avarento? Colecione os tesouros das boas obras, do bem que pratica em benefício do próximo, porque essas riquezas o acompanharão além-túmulo.

  • Toda a natureza é uma harmonia divina, sinfonia maravilhosa que convida todas as criaturas a que acompanhem sua evolução e progresso. Seja, em sua vida, um instrumento apto a captar as vibrações de paz e serenidade da natureza, e sua saúde encontrará o equilíbrio necessário a prosperar cada vez mais. Viva de acordo com as leis da natureza, e com o espírito voltado para Deus.

  • Não se prenda às opiniões da multidão! Viva sua vida, de acordo com as luzes que lhe chegam do Alto. A multidão julga o lado exterior. O íntimo só Deus conhece. O mundo não pode conhecer os ensinamentos de Amor do Mestre. Prefira obedecer ao Mestre amando sempre, e não dê valor às opiniões da multidão, que tudo faz para que sejamos iguais a ela, sem personalidade e sem opinião própria.

  • Não dê importância à idade de seu corpo físico: seja sempre jovem e bem disposto espiritualmente. A alma não tem idade. A mente jamais envelhece. Mesmo que o corpo assinale os sintomas da idade física, mantenha-se jovem e bem disposto, porque isto depende de sua mentalização positiva. Faça que a juventude de seu espírito se irradie através de seu corpo, tenha ele a idade que tiver.

  • Não acumule em seu coração desejos de vingança, detritos do mal. Jogue-os fora, relevando e esquecendo o que lhe fizeram de mal, em palavras, atos e maledicências, calúnias e injustiças. Esqueça! Uma única pessoa lucrará com o seu perdão: você mesmo, que libertará seu coração do peso da mágoa e do ódio. Seja inteligente: perdoe e esqueça, para ser feliz.

  • Não repise suas dificuldades e dores, porque isso prejudica sua saúde, provoca enfermidades. Não dê a seu corpo alimentos nocivos, de pensamentos negativos. Fale sempre de saúde e riqueza, de progresso e vitória. Diga: "a força de Deus habita dentro de mim!" Os bons pensamentos produzem frutos de alegria e aumentam a felicidade cada dia mais. A palavra do homem é responsável pelo estado de sua saúde física.

  • Tenha coragem em todas as circunstâncias da vida. Por piores que lhe pareçam as dificuldades, tenha a certeza de que pode superá-las com a persistência e a força que provêm de seu íntimo. Deus está dentro de cada um de nós, pronto a dar-nos energia e vigor, ânimo e incentivo. Confie na bondade do Pai, que jamais desampara nenhum de seus filhos.

  • Cada um de nós é responsável por seus atos. Por que vai desanimar, pelo que os outros fizeram a você? Que tem você que ver com isso? Siga à frente, ainda que o mundo inteiro esteja contra você. Você há de vencer, mesmo que fique sozinho. Continue sem desânimo, porque você é o único responsável por seus atos.

  • Enquanto você espera pelo céu, não se esqueça de que a terra está esperando por você. Mantenha seus pés fixos no chão, mas eleve sua cabeça para o céu. Ajude a estrada que você palmilha, tornando-a mais confortável para todos aqueles que lhe seguem os passos. Dê trabalho a seus braços, leve consolo aos aflitos, enxugue as lágrimas dos que choram... Você não poderá caminhar sozinho. Ajude a todos os que caminham a seu lado para o mesmo objetivo: a perfeição.

  • Espalhe por todos a alegria que vive dentro de você. Seja sua alegria contagiante e viva, a fim de expulsar a tristeza de todos os que o cercam. A alegria é uma tocha de luz que deve permanecer sempre acesa, iluminando todos os nossos atos e servindo de guia aos que se chegam a nós. Se em você houver luz e você deixar abertas as janelas de sua alma, por meio da alegria, todos os que passarem pela estrada em trevas serão iluminados por sua luz.

  • Tenha fé em seu corpo físico e esteja certo de que todos os seus órgãos funcionarão perfeitamente. Pensando assim, você ajudará sua própria saúde. Acredite no poder renovador da vida, em você. Afaste o pensamento da velhice. Deus está dentro de você! Renove sua saúde por uma respiração perfeita e jamais aceite a idéia da doença e do sofrimento. Deus age sempre em seu benefício.

  • Procure interessar-se pelas crianças, que são o futuro do mundo. Cuide delas com amor, e não com indiferença. Quantos cárceres estão cheios, por falta de carinho nos lares! Não se esqueça de que o criminoso mais cruel foi, um dia, uma criança pura e inocente como todas as outras... Cuide das crianças com desvelo e carinho, e terá preparado um futuro feliz para a humanidade.

  • Não seja cruel! Aprenda a ter compaixão daqueles que estão em pior situação que você. Lembre-se daquela máxima do maior dos filósofos: "felizes os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia". Seja compassivo com os que erram, porque você não sabe quando poderá cometer erro semelhante, e gostará que o compreendam e lhe relevem. Releve também e seja misericordioso com quem erra!

  • Procure ser humilde em todas as circunstâncias. Humildade não é dizer "sim" a tudo e a todos. Nem é apregoar que somos humildes. Não é agachar-se mentalmente a tudo o que os outros dizem. Não! Humildade é saber exatamente o que somos e o que valemos. É conhecer-nos a nós mesmos, procurando corrigir sinceramente nossos defeitos, e não nos querendo impor aos outros. Quem é humilde, em geral, não sabe que o é. Mas quem não é humilde é que pensa que é.

  • Policie suas palavras. Evite termos impróprios e anedotas pesadas. Lembre-se de que tudo o que dizemos permanece em nossa atmosfera mental, atraindo aqueles que pensam da mesma forma, e que passarão a formar o círculo comum em redor de nós. Não ofenda com palavras baixas os Anjos de Deus, que se afastarão de você horrorizados. A boa educação se manifesta também através das palavras que partem de nós.

  • Não fique a pedir as coisas... Os braços parados nada produzem. As mãos que não ajudam criam ferrugem. Trabalhe com entusiasmo e alegria, e o próprio trabalho trará, com seus resultados positivos, a solução de todas as suas dificuldades. Procure gostar do trabalho que lhe cabe realizar, e dentro de pouco tempo terá a alegria morando em seu coração.

  • A cooperação é uma das coisas mais sublimes da vida, mas a interferência é uma das mais desagradáveis. Ajude sem interferir. Não imponha seu ponto de vista quando ajuda alguém. A cooperação ajuda, a interferência atrapalha. Então, coopere com todos, mas sem interferir em sua maneira especial de agir e de pensar. Não temos o direito de interferir na vida de ninguém.

  • Observe o que se passa na vida: quando você necessita de alimento, é só você que pode comer. Ninguém pode fazê-lo por você. Assim, também, ninguém pode curá-lo. Você é a única pessoa capaz de curar-se, de fazer seu corpo revigorar-se e liberar-se das enfermidades. Emita pensamentos positivos de saúde e expulse de seu organismo todas as moléstias.

  • Seja perseverante nas boas obras. Nada conseguiremos na vida sem perseverança. Para aprender piano, há necessidade de horas seguidas de estudo diário. O que é o estudo para o pianista, é a perseverança para qualquer outra atividade. Não se deixe arrastar pelo esmorecimento. Reaja com todas as forças que encontrar em seu coração, e terá a beleza da vida em redor de si mesmo.

  • Faça diariamente, ao despertar, afirmações positivas de alegria e de vitória, procurando construir em torno de si um ambiente de serenidade e de harmonia. Aprenda a sorrir de coração para todos: parentes, amigos, conhecidos, de tal forma que baste a sua presença, para que a alegria penetre no coração das criaturas que lhe chegam perto. E verifique a felicidade que isto lhe causará.

  • Deus está em toda a parte: portanto, está também dentro de todas as pessoas que nos cercam, boas ou más. Tudo provém de Deus. Tudo é manifestação divina. Mesmo aquilo que nos parece mal ou erro pode ser a causa de um benefício futuro. Nosso sofrimento resulta do desconhecimento da Verdade básica: Deus dirige todos os acontecimentos, porque está em tudo.

  • Procure viver com equilíbrio, mesmo dentro da agitação da vida diária. Não se deixe levar pela onda desordenada que envolve a todos. Pode trabalhar muito, ter atividades grandes, mas nunca deixe de fazer tudo a tempo e a hora, equilibradamente. Reserve uma hora para sua leitura, para sua meditação, para sua higiene mental, a fim de manter-se constantemente em equilíbrio.

  • Não se deixe abater pelo desânimo! Não queira jamais abandonar a vida, porque isto nada resolve, e agravará ainda mais seus sofrimentos. Se você pensa que, fugindo, se sentirá aliviado, engana-se redondamente! Não se vingue dos outros, fazendo mal a si mesmo! Reaja com todas as suas forças, e não se deixe esmagar pela incompreensão alheia.

  • Seja forte nos embates da vida e não desanime se o sofrimento o visitar, em sua pessoa ou nas pessoas que lhe são caras. O sofrimento, além de purificar-nos, realiza o aprimoramento de nossa força interna. Ninguém consegue progredir, sem sofrer o exame da natureza, que verifica se realmente sabemos ser fortes, suportando as dores.

  • Trate com afabilidade a todos. O vizinho que senta a seu lado na condução não é seu inimigo, nem seu concorrente. Trata-se, sempre, de seu irmão, a quem você precisa acolher com simpatia. Não procure brigar com ele, para conquistar maior conforto: dê você mais conforto a ele. Mesmo insensivelmente, você receberá de volta as vibrações de gratidão de seu coração.

  • Mantenha-se calmo e sereno em qualquer circunstância. Quando qualquer aborrecimento o atingir, como primeiro remédio procure conter seu corpo físico: Não fique passeando de um lado para outro, torcendo as mãos, esmurrando a mesa. Não! Sente-se e esforce-se por ficar imóvel alguns minutos. Verá como conseguirá grande parte de sua serenidade... Mantenha-se calmo, o mais possível, e o problema se resolverá por si.

  • Saiba viver eternamente, buscando estudar e aprender coisas úteis e proveitosas a você e ao próximo. Quando paramos de aprender e de progredir, começamos a morrer realmente. Aprenda o mais que puder, em todos os ramos do saber, para iluminar ao máximo o seu espírito. Aproveite todos os seus minutos, para aprender, para aumentar seus conhecimentos.

  • Cultive a alegria em dose máxima. Alegria, porém, não é barulho: é um estado de alma de quem sente em si a plenitude da vida. A alegria provém de dentro de nós mesmos, da consciência tranqüila, do cumprimento exato de nossos deveres, e vibra em nós apesar de todos os sofrimentos, calúnias e injustiças. Seja alegre sempre e, quando a tristeza quiser encobrir o sol de sua vida, entoe um cântico de louvor ao Pai, e a Luz brilhará novamente em você.

  • "Faça aos outros o gosta que os outros façam a você". O grande filósofo que proferiu este ensinamento, Jesus, sabia o que estava dizendo. Se desprezar, será desprezado. Se criticar, será criticado. Mas se distribuir bondade, compreensão e amor, receberá em troca amor, compreensão e bondade. Cada um recebe de acordo com o que dá. Faça aos outros o que quer que façam a você.

  • Evite o álcool. Se pode ser remédio, quando usado em pequenas doses, traz malefícios incalculáveis, se nos leva ao abuso. Pare enquanto é tempo. Construa em sua mente a sua própria imagem livre de beber, e repita muitas vezes ao dia, seguidamente: "nada me vencerá! Sou forte e vencerei todos os meus vícios!" Não diga: "Não quero mais beber!" Diga antes: "Não gosto mais de bebida!"

  • Plante sementes de bondade e de amor, mas não se preocupe com os resultados futuros. Se não obteve o bem que você esperava, ou se o benefício não provocou a gratidão desejada, não se aborreça. Ajude e passe adiante! Lance as sementes ao solo, e deixe que cresçam e frutifiquem segundo as possibilidades do terreno. Aguarde o tempo... Mas, por enquanto, plante as sementes da bondade e do amor, por onde quer que você passe.

  • Tenha coragem em todas as circunstâncias da vida. Por piores que lhe pareçam as dificuldades, tenha a certeza de que pode superá-las com a persistência e a força que provêm de seu íntimo. Deus está dentro de cada um de nós, pronto a dar-nos energia e vigor, ânimo e incentivo. Confie na bondade do Pai, que jamais desampara nenhum de seus filhos.

  • Nossa mente é um aparelho de rádio, que transmite nossos pensamentos e recebe os alheios. Mas só receberemos os pensamentos que quisermos. Depende de nós fixarmos nossa mente numa faixa elevada de vibrações de Bondade e Amor, para que só sejamos atingidos por pensamentos idênticos. Desta maneira, nenhum pensamento de maldade e de enfermidade nos poderá atingir.

  • Porque tem medo de que a riqueza não chegue para você? A riqueza pertence a todos, no universo. Se existem pessoas mais prósperas que outras, não pense que se trata de injustiça ou desequilíbrio da Lei. Se eles conseguiram essa abundância, você também poderá obtê-la. Não procure enriquecer tirando dos outros: busque-a na Energia Cósmica, no universo, que dá a todos oportunidades de acordo com as capacidades de cada um.

  • Aprenda a amar a todos, indistintamente, para conseguir encontrar a luz que tanto anseia. Procure não distinguir o sábio do ignorante, o rico do pobre, quando se trata de ajudar. Saiba levar aos tristes a consolação, aos que lutam, o incentivo da compreensão e do carinho. A quanta gente você pode ajudar com sua palavra, incentivar com um pensamento! Ame a todos, indistintamente.

  • Você, que é noiva, não acredite que o casamento seja loteria. Não! No casamento, o prêmio depende de você saber conquistá-lo. Prepare-se para ser feliz e para fazer feliz o homem a quem você ama. Estude seu gênio, não interfira em seus pensamentos, trate-o com Amor e carinho, e verifique que a sorte grande do casamento está em suas mãos. De você depende a sua felicidade!
Continua nas próximas páginas.


Para você pensar...